O Grande Gastby - Edição Bilingue – F. Scott Fitzgerald

O Grande Gastby – Edição Bilingue – F. Scott Fitzgerald

Descrição do livro

Considerado pela “Modern Library” como o segundo melhor romance de língua inglesa do século XX, e por seu autor como ‘algo novo – algo extraordinário, belo e simples’, a Editora Landmark lança em uma exclusiva edição bilíngue de luxo, em capa dura, “O Grande Gatsby”, obra-prima do escritor norte-americano F. Scott Fitzgerald.

Com sua esposa, Zelda Sayre, Fitzgerald mudou-se para a França, onde concluiu, em 1925, seu terceiro e mais célebre de romance, “O Grande Gatsby”, considerado pela crítica especializada como a obra-prima do escritor e uma das 100 melhores obras literárias de todos os tempos.

Esta obra, uma das mais representativas do romance norte-americano, descreve a vida da alta sociedade, ambientada em Nova York e no litoral de Long Island, durante o verão de 1922, através de uma aguda reflexão crítica. Além de destacar brilhantemente uma sociedade obcecada por riqueza e status, o romance também apresenta os problemas da economia durante a Primeira Guerra Mundial, a proibição de bebidas alcoólicas pelo “The Noble Experiment”, o aumento do crime organizado com o contrabando de bebidas, surgimento de novos milionários e a história de amor entre Jay Gatsby e Daisy.

Jay Gatsby e Daisy se conhecem cinco anos antes do começo da história e se apaixonam. Ela é uma bela jovem da Louisiana e Gatsby, um jovem oficial da marinha sem qualquer riqueza, porém enquanto Gatsby cumpre seu dever como oficial na Primeira Guerra, Daisy se casa com o bruto, intolerante e milionário Tom Buchanan. Após o término da Guerra Gatsby se dedica inteiramente a reconquistar o amor de Daisy. Ele se empenha em fazer fortuna, por qualquer meio que seja, e se torna um milionário independente. Em seguida, compra uma mansão vizinha à mansão dos Buchanans e promove muitas festas com a esperança de que Daisy compareça a uma delas. Quando finalmente eles se encontram, acontecimentos trágicos são postos em movimento. A história é contada através dos olhos do amigo e vizinho onipresente de Gatsby, Nick Carraway, que mora em uma casa humilde próxima a mansão e se indaga sobre a exuberância, prepotência e falta de cultura das personagens.

Com destaque para o ritmo da época, “O Grande Gatsby” inicialmente não se popularizou em sua primeira edição, mas nas edições subsequentes tornou-se um dos maiores sucessos de F. Scott Fitzgerald, principalmente, após a morte do autor, quando foi relançado e difundiu-se rapidamente. Hoje em dia, “O Grande Gatsby” é considerado o Grande Romance Americano e de leitura padrão em escolas e universidades de todo mundo sobre a literatura dos Estados Unidos.

Foi adaptado seis vezes para o cinema, a primeira versão em 1926, estrelada por Warner Baxter e Lois Wilson (essa adaptação se perdeu e há apenas um trailer no arquivo nacional norte-americano). A versão mais popular é do diretor Jack Clayton, de 1974, com roteiro de Francis Coppola e tendo Robert Redford no papel principal. Em 2013 a mais recente versão produzida pela Warner Bros e dirigida pelo aclamado Baz Luhrmann, tem os atores Leonardo Dicaprio (Jay Gatsby), Carey Mulligan (Daisy Buchanan), Tobey Maguire (Nick Carraway) e Joel Edgerton (Tom Buchanan) no elenco. Além das adaptações para o cinema, também foi adaptado para teatro, radio novelas, graphic novels, ballet e ópera, composta por John Harbison, cuja estreia ocorreu em 1999 pela New York Metropolitan Opera.

Livros Relacionados