A Gente – Avlis, Rodrigues

A Gente – Avlis, Rodrigues

Descrição do livro

Imagine-se num planeta que, apesar de ser lotado de pessoas da Terra, se revela um mundo muito peculiar, surreal, inacreditável e o pior, você é o elo entre ele e a Terra. Você está ali para tornar possível a volta daqueles que o povoam para o torrão natal. Para isto você tem que dispor de um manto que o proteja dos males daquele mundo. Se o manto falhar, você pode se tornar um deles e em vez de cumprir sua missão você pode ser engolido por ela, com efeitos trágicos para sua vida.
A sociedade tem um hiato em sua memória coletiva. Alguém comete um malfeito, ela “some” e depois “reaparece” no seu seio novamente. Daí parte o debate se a punição foi suficiente ou não. Cada um tem sua opinião, a partir, obviamente, de seus próprios critérios, aparentemente consensuais, porém muito subjetivos. Se a pessoa comete o malfeito novamente, ou se é outra que o faz, “some” mais uma vez e “reaparece” como num passe de mágica.
No fundo esta mesma sociedade gostaria que ela não reaparecesse mais. Mas ela esquece que aquele alguém pode ser qualquer um. E quando esse qualquer um é você, as opiniões mudam, os “achismos” se transformam em certezas absolutas, tudo em função do descortinamento das dimensões presentes naqueles “sumiços” dos que cometem malfeitos.
Esta história vem mostrar um pouco do que acontece nesse sumiço. Pra que mundo vão. Ninguém sabe mais que o interno, mas há quem esteja bem perto deles: os ‘Diuotey’. Muitos acham que são os fardados, mas não é. O interno mesmo não tem voz forte o bastante pra ser ouvido ou eles mesmos, assim como acontece com quem vai lutar numa guerra, muitas vezes preferem não tocar no assunto. Os trabalhadores também reagem assim. Conheça esse mundo sem os riscos que os profissionais correm constantemente.

Livros Relacionados